Campanhas que Amamos e Perfumes que Desejamos

Perfume trabalha com nossos sentidos e sensações, né gente? Desta forma tudo em um perfume (da campanha à tampa do frasco) é que nos leva a imagem e lembrança que vamos associar para sempre aquela fragrância.

Por isso eu já estou amando a delicadeza, sensibilidade, amor e a beleza do novo perfume da Chanel:

E a felicidade, jovialidade, travessura e lindeza do novo Eua de Toilette do Miss Dior Chérie:

Lindezas para sonhar e desejar!!!

11/03/2010. Post It - Cheiroso. 1 comentário.

Dê-se uma CHANCE

Sabe aqueles momentos onde você quer se sentir feminina, delicada e amorosa? Nesses momentos um perfume pode fazer toda a diferença.

Por mais feminino que esteja o seu look, não há sensação como a de sentir uma fragrância graciosa a cada sopro de brisa. É mágico.

Coco Chanel sempre ressaltou que uma mulher tem que saber ser feminina, e mesmo usando as roupas emprestadas de seus namorados ela sempre fez questão de acrescentar um toque feminino a qual look, inicialmente masculino, que estivesse usando. O mesmo acontecia com suas fragrâncias.

Fotos : Chanel

Quando pensou em criar sua primeira fragrância ela foi bem específica ao indicar a que se destinava o seu primeiro perfume: “Um perfume de mulher, com cheiro de mulher”.

Foto: Chanel

CHANCE é uma criação do perfumista Jacques Polge, lançado em 2002 destinado a um público consumidor mais jovem dos produtos Chanel, que gostariam de aliar o espírito feminino e tradicional da grife aos toques modernos e atualizadores que Karl Lagerfeld deu a Chanel, desde que se tornou direito criativo da grife.

Foto: Chanel

Classificado como um chypre moderno, CHANCE assim como Coco Mademoiselle, iniciou um movimento de resgate da tradicional família do perfumes Chypre, sempre lembrados como perfumes da vovó. A versão Eua de Toillet foi a primeira a ser lançada, é marcada pelos toques florais frutados, onde a feminilidade é o atrativo principal.

Sendo um perfume leve e delicado, CHANCE ao poucos vai se revelando, passando da alegre e feminina saída floral, a um mais clássico marcado pelos acordes chiprados, onde uma mulher feminina e delicada mostra-se também segura e confiante, mostrando que não é uma pessoa superficial, bem como o seu perfume.

Foto: Chanel

A versão Eau de Parfum além de apresentar uma fixação maior, apresenta um fundo abaunilhado com uma doçura latente e nada enjoativa, onde a faceta sensual da mulher que se dá uma “Chance” as possibilidades da vida torna-se evidente e inebriante.

Foto: Chanel

Já o conceito Eua de Fraiche vem agregar liberdade e paz a uma mulher que além de feminina, delicada e sensual, é: Feliz.

Com acordes cítricos na saída e um toque leitoso e delicado como seda no fundo, Eua de Fraiche não é apenas uma releitura do primeiro CHANCE, é um novo perfume. Uma nova visão e interpretação, trazendo as inúmeras possibilidades de SER que uma mulher pode desenvolver.

Como bem expressou Chanel: “I had the Chance and I take it”.

20/12/2009. Post It - Cheiroso. Deixe um comentário.

Um Cheirinho. Uma lembrança

Foto: Reprodução

Oi gente!!

Hoje eu vou falar um pouco sobre mais uma das minhas paixões: Perfumes.

Quem me conhece de perto sabe o fascínio que eu tenho por perfumes e como eles são essenciais na minha vida. Me lembro de desde muito cedo mexer nas coisas da minha mãe e do meu pai e ficar super deslumbrado com os perfumes que eles tinham. Uma vez cheguei a derrubar, junto com a minha irmã, um frasco de 100 mls de Azzaro do meu pai!

Na nossa inocência de criança juravamos que um simples pano, uma borrifada de “Bom Ar” e jogar o frasco no lixo iria nos salvar!! Ledo engando, né? *_^

Pois bem, começando na infância e passando para a adolescência os aromas foram me acompanhando e marcando a minha vida, pondendo ser desde o cheiro de uma camisa lavada com um maravilhoso sabão em pó até o cheirinho único do primeiro amor.

Entretanto, a paixão se tornou avassaladora em 2004 quando eu senti pela primeira vez o mítico Chanel n°5. Eu me senti tão chique, tão auto-confiante e diferente que constatei que queria mais daquela experiência.

Conhecendo, cheirando, indo de loja em loja, fazendo amizade com as vendedoras (tenho uma grande amiga graça aos perfumes – Paula te adooooro) , eu fui conhecendo um mundo maravilhoso e marcando a minha vida através de cheiros que sinestesicamente se misturavam com cores e músicas.

Daí que nesse clima super quente que faz aqui em Porto Velho, seria inevitável que eu tivesse um perfume resfrecante e fresh para me sentir confortável e perfumado.

Geralmente perfumes cítricos tendem a ser boring, tendo sempre notas de saídas meio mojitos feelings e fundos saponáceos que podem muito bem ser encontrados em um Lux Luxo (rá!).

Foi então que eu conheci o Un Jardin Sur Le Nil, criado por Jean-Claude Ellena em 2005 para a maravilhosa Hermès. Este perfume é o segundo de uma trilogia, iniciada por Un Jardin en Mediteranée (2003) e recentemente completada por Un Jardin  Après La Mousson (2008).

Un Jardin Sur Le Nil foi criado com inspiração em viagens ao Egito. Ocorre que para mim ele é mais do que simplesmente uma evocação ao Nilo.

Esse perfume traz um sensação de conforto, leveza, beleza e elegância que me remetem demais ao colo da minha mãe. Sabe, quando você usa algo que te deixa tão para cima, seguro, aliviado? E a cada brisa que te encontra,você sente o perfume e tem aquela sensação de que você não precisa temer nada porque o colo de sua mãe vai estar ali?

Foto: Reprodução

É assim que me sinto quando uso Un Jardin Sur Le Nil.

O perfume inicia com notas de saída bem marcada pela manga, uma nota verde que traz o fresco necessário ao perfume e é perfeita para aqueles dias de calor, onde qualquer insinuação de baunilha te remete a dor de cabeça.

As notas de coração são notas herbáceas e elegantes, não lembrando em nada os matinhos de nosso jardim, mas sim nos rementendo a uma caminhada em campos ensolarados, onde o cheiro das mangas caídas misturada a algumas flores que não sei dizer quais, parecem ter sido apuradas pela chuva recém caída.

No fundo, a sensação mais deliciosa de chegar em casa e encontrar nosssa querida mamãe, pronta para nos dar o colo que tantas vezes necessitamos. É nessa fase do perfume, que eu me sinto inebriado e surpreso porque apesar de ser fresh, Un Jardin Sur Le Nil não é só um punhado de limão! Ele é mais, é complexo, é rico e mais que tudo surpreendente.

29/11/2009. Post It - Cheiroso. 4 comentários.